Concurso para Novas Árias

Maratona Ópera XXI

Concurso Maratona Ópera XXI

 

9 SET | 21h30

Jardim do Museu Nacional de Arte Antiga

 

O concurso MARATONA ÓPERA XXI pretende  dinamizar a ópera contemporânea portuguesa, potenciar novos compositores, novo repertório, novas óperas, novos intérpretes, para criar a ópera do futuro e aproximá-la do mundo de hoje.

 

Esta 2ª edição investe na mestria de compor árias de ópera, o momento chave na ópera, em que a força da música se conjuga com a força do canto lírico em todo o seu esplendor e que perdura para lá da própria ópera.

 

Compositores selecionados, são convidados a criarem árias a partir de textos à sua escolha, que serão encenadas e em vez de um festival da canção, propomos um festival da Ária!

 

As árias serão avaliadas por um júri de personalidade de várias áreas artísticas, em que o público também participa. O vencedor receberá o Prémio Carlos de Pontes Leça, no valor de 1500 euros, com uma comissão  de maior fôlego a apresentar em edições futuras do Operafest e a ária  vencedora será mais uma vez apresentada, no espectáculo de encerramento do Operafest.

 

Francisco Lima da Silva, João Ricardo, Nelson Jesus, Rúben Borges e Tiago Cabrita, são os compositores escolhidos para nos deleitar com as suas novas árias, nesta final!

 

Desde um inadaptado que se julga Sísifo, em busca de sentido num mundo ininteligível, a uma canção de embalar da mãe de um conhecido político, passando pelas dúvidas na complexa dinâmica da vida a dois,  à evocação de um“diário na sombra” e ao grito de Mariana Janeiro na sua luta pela liberdade. Cinco árias para soprano, meio-soprano e tenor, com temas, atmosferas e personagens intensos e diversos, que nos farão viajar nas sonoridades e na vida do mundo de hoje!

 

Direcção cénica: Ricardo Pereira
Desenho de Luz: Gi Carvalho

Elenco:
Rafaela Albuquerque, soprano
Ana Rita Coelho, meio-soprano
Alberto Sousa, tenor
Tiago Amado Gomes, barítono

Philippe Marques, piano

restantes músicos a anunciar